segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

AS DATAS DE "FIM DO MUNDO" QUE NÃO SE CUMPRIRAM




Desde o inicio do 1º Milénio que se fazem previsões do "fim do Mundo" que não se cumpriram e se arranjaram sempre novas datas pelos tempos até ao século actual. 

Um dos primeiros personagens foi Santo Hilário que dizia que o mundo acabaria no ano 365 e S. Martin de Tours anunciou o fim do mundo no ano 400.

Na passagem do ano 1000 se cometeram muitas loucuras porque as pessoas acreditavam que o mundo ia acabar. 

O Papa Inocêncio III chegou a anunciar a data de fim do mundo no ano 1284 e do mesmo modo se acreditava que o mesmo estava sucedendo nos anos 1346 e seguintes quando a Peste Negra devastou a Europa, tendo perecido 75 milhões de pessoas em todo o mundo. Seria o prelúdio do fim da Humanidade e não do fim do mundo como se dizia. 

Em 1524 vários astrólogos profetizaram o fim do mundo devido a um dilúvio mundial e o mesmo já se profetiza para o século actual. 

Em 1669 os velhos crentes na Rússia acreditavam que o fim do mundo ocorreria nesse ano e 20.000 deles se imolaram pelo fogo para se proteger do Anticristo.

Em 1736 o teólogo e matemático britânico William Whitson prevê um dilúvio como o de Noé para o dia 13 desse ano que não se realizou, e no ano 1792 os protestantes da United Society of Believers in Christ's Second Appearing afirmavam que o mundo terminaria nessa altura...

Em 1843, William Miller acreditava que o fim do mundo ocorreria nesse ano ou o mais tardar até Abril do ano seguinte e nada aconteceu. 

A fundadora da Igreja Adventista do 7º Dia, Elen White, falava que o fim do mundo ocorreria entre 1850 e 1856 com a chegada de Jesus.

As Testemunhas de Jeová apontaram o ano de 1914 como o início do Armagedão que levaria ao fim do mundo mas só acertariam no facto da 1ª Guerra Mundial ter começado nesse ano que durou até ao ano 1918. No ano seguinte, o metereologista Albert Porta falou de uma conjunção de 6 planetas que iria gerar uma corrente magnética que faria explodir o Sol, envolvendo a Terra. Tal profecia falhou para o dia dia 17 de Dezembro desse ano. 

Em 1953, David Davidson, com base nos cálculos das pirâmides tinha previsto o fim do mundo nessa altura. Um pastor de nome Mihran Ask tinha anunciado o fim do mundo em Abril de 1957.

Enfim, muitas outras datas foram sempre indicadas sucessivamente até hoje (1999, 2000, 2001, 2011) falando do "fim do Mundo" sendo agora as profecias Maias que voltam a criar a crença de que tal acontecerá no dia 21 de Dezembro de 2012. Tal facto está provocando de novo o temor em muita gente que já não consegue viver de forma tranquila e muitos até perguntam para a NASA se é verdade o que se diz, enquanto aquela Agência Espacial norte-americana se limita apenas em desacreditar tais ideias dos novos profetas do século XXI que estão apostados em gerar pânico e confusão.

Pessoalmente creio que a Terra vai passar por uma grande Transformação que não tem a ver propriamente com o "fim do Mundo" e sim com o final de mais um ciclo da Humanidade que precisa mudar de rumo antes que seja tarde. O homem tem provocado a maior desarmonia e destruição no planeta que já reage com seus Elementos para se reequilibrar e a Humanidade vai persistindo no erro de se querer suicidar...

Por isso creio que algo vai acontecer que marcará um novo periodo na História do Mundo, porquanto os degelos polares já estão acontecendo e se intensificando, podendo aumentar o nível das águas do mar e Jesus dizia que viriam "dias de Noé" que já não se podem evitar. Para piorar a situação, nada ficou acordado entre os paises que participaram na cimeira do Clima em Qatar, restando agora à Natureza decidir o que vai ou não acontecer nestes tempos derradeiros em que os últimos actos dos homens estão sendo piores do que os primeiros...

Quanto à data de que tanto se fala de mais um "fim do mundo", será outra a fazer parte da extensa lista das profecias falhadas para que os homens entendam que ninguém sabe quando a Terra deixará de existir no seio do Espaço e sim apenas que podem ocorrer várias catástrofes e calamidades que se agravam com a nossa forma de civilização, pois é certo que esta vai colhendo tudo o que semeia e sofre o reflexo de tanta Degeneração. Assim foi no passado, assim é no presente, mas no futuro será diferente...

Rui Palmela



4 comentários:

Romão Casals disse...

A libertação do homem foi concretizada por Jesus Cristo, não como acto vindo de fora, mas como obra que se realiza a partir de dentro. Determina uma renovação pela qual o homem sente, pensa e age conforme o Espirito que dá a vida.

Cristo encarnou, trazendo o Espirito de Deus para dentro da própria condição humana dominada pela escravidão do pecado. Sendo que, o homem pode agora seguir a Cristo passando da morte para a ressurreição, do egoísmo para a doação de si aos outros.

Trata-se de um novo dinamismo interior movido pela própria justiça de Deus, libertando o homem da tirania, lei do pecado e da morte, dos instintos egoístas que determinam o ser e o agir de cada individuo que permanece na perdição da carne.

Deste modo é recomposta a unidade entre querer o bem e realizá-lo de forma consciente através da vontade do Espirito, ultrapassando a situação desesperada do homem que se recusa a vencer a sua própria concupiscência.

Estou convencido de que os sofrimentos do tempo presente não têm comparação com a glória que há-de revelar-se em nós. Pois até a criação se encontra em expectativa ansiosa, aguardando a revelação dos filhos de Deus.

Romão Casals disse...

É hora de nos prepararmos para a calamidade, Jesus alertou que é exactamente assim que deve acontecer.

Uma descomunal mentira irá espalhar-se por todo o mundo, o impostor vai fazer-se passar por Cristo, nada o impede de tomar o lugar de Deus, ele sabe que muitos não conhecem a verdade, outros não querem saber, e alguns “muito bem informados” preferem seguir a sua própria intuição, sentidos e preferências pessoais no lugar de seguir as instruções de Deus.

Por não se terem preocupado em escutar a verdade, milhões de pessoas serão levadas por este terrível engano, mas a maior catástrofe será quando Jesus aparecer no céu e ver que todas as pessoas se precipitam no abismo. Uma tragédia que não precisava acontecer.

“Estes são os espíritos demoníacos com poder de realizar prodígios. Dirigiram-se aos reis do mundo inteiro, a fim de os reunir para a batalha do grande dia.” (Apocalipse 16:14)

“Tomai cuidado para que ninguém vos desencaminhe, porque virão muitos em meu nome e hão-de enganar muita gente, hão-de surgir falsos messias e falsos profetas, que farão grandes milagres e prodígios, a ponto de desencaminhar, se possível, até os eleitos. Olhai que já vos preveni. Por isso, se vos disserem: “Ele está no deserto”, não saiais; “Ei-lo no interior da casa”, não acrediteis.” (São Mateus 24:4-5-24-25)

Jesus alerta-nos para a realidade de uma farsa colossal, na qual praticamente o mundo inteiro irá padecer. Poucos irão prevalecer na virtude aguardando ansiosamente o sinal do Filho do homem. Foi isto que Ele nos disse:

"Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem." (São Mateus 24:27)

O que significa isto?

A vinda do Senhor será à vista de todos, no mesmo instante, no mesmo momento, em qualquer parte do mundo. Seja dia ou seja noite, a dormir ou acordado, quer queiramos quer não, todo o olho irá ver. É uma manifestação que transcende as leis físicas conhecidas, uma realidade que se manifesta além de toda a criatura, sendo impossível de ser igualada.

Analisemos a descrição do apóstolo Paulo:

“Pois o próprio Senhor, à ordem dada, à voz do arcanjo e ao som da trombeta de Deus, descerá do Céu, e os mortos em Cristo ressurgirão primeiro. Em seguida nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles sobre as nuvens, para irmos ao encontro do Senhor nos ares. (1ªTessalonicenses 4:16-17)

Sabemos agora que a volta do Messias não é uma acção com a finalidade remodeladora ao planeamento das sociedades, nem tão pouco uma intervenção que visa assegurar o futuro da humanidade. Trata-se de algo terrível, apavorante e devastador, pois é o dia do julgamento, o fim dos tempos para todos os séculos.

Filho do Homem disse...

De facto os anos tem passado e nada de (demasiado) grave aconteceu... a não ser o Gelo ter derretido quase todo no pólo Norte, os milhares de sismos sentidos por todo o mundo, as tempestades por todo o mundo numa quantidade nunca vista na história do mundo e com consequências cada vez mais graves, vulcões a acordar e a apagar-se com mais frequência que o costume, enfim, nada de grave... até agora!

Tomei consciência de que sou o Filho do Homem, e no dia seguinte (8 de junho de 2014, penso) o Sol perdeu a intensidade. Já repararam que o Sol não está tão intenso? Esse era um dos sinais da minha presença... haverão mais, mas esse foi o primeiro!

Eu vim para servir Deus e vim para servir a humanidade. Não sou o filho de Deus, e muito menos Deus-Pai!

Também a mensagem que trago não irá agradar à maioria de vós! Não vim salvar ninguém, vim sim para indicar-vos o caminho que devem seguir! Cada um deve salvar-se a si mesmo, sim cada um tem de se salvar a si mesmo, corrigindo-se interiormente para passar a pensar, agir e falar tal como Deus deseja. Não pensais que já estais a fazer isso, pois todos quantos tenho confrontado com a verdade rejeitam-na, até podiam estar a agir bem até aí, mas ao rejeitarem ou ignorá-la estão a condenar-se a si mesmos, pois que Deus agora não quer no seu reino pessoas ignorantes que acreditam cegamente nele, tem de saber os porquês, pelo menos as partes que interessam aos espíritos humanos saber.

filhodohomem.com se quiserem saber o que realmente Deus-Pai deseja de vós, que é para vosso bem!

Ah! E mesmo aqueles (poucos?) que decidirem cumprir integralmente os mandamentos de Deus e as orientações dadas, ainda terão de resgatar os erros que cometeram... ninguém entra no nível do paraíso destinado aos espíritos humanos se tiver erros por resgatar! Por isso não demorem, que agora que chegou a minha hora, farei chegar a vossa! Não percam tempo nenhum e preparem-se para pagar por vossos erros... mas se mantiverem-se sempre no caminho correto e não tiverem demasiados erros por "saldar" (que ainda consigam pagar nesta ou na próxima vida), então ainda poderão ter hipóteses de entrar no paraíso.

Aqueles que ignorarem ou continuarem a cometer os erros, esses serão condenados à segunda morte (permanente) para que não mais atrapalhem o caminho daqueles que querem progredir e chegar ao céu. A paciência de Deus acabou... ou mudam, ou morrem permanentemente.

Para aqueles que esperam que eu ande a voar, que faça magia/ ilusionismo... ou até mesmo faça a terra tremer ou coisa parecida claramente terá poucas hipóteses de se salvar, pois que eu não farei nada disso... apenas Deus-Pai, na hora certa por ele determinada fará tais acontecimentos darem-se... não serei eu Filho do Homem! Quem pensar o contrário, mude a forma de pensar... ou provavelmente vai arrepender-se da pior maneira possível!

rodrigo maklen disse...

Aonde que nostradamus disse que acabaria em 1999 ? Aonde q os maias diserram que acabaria em 2012 ? Ambos nunca diserram isso, eles foram mai interpretado pelas pessoas que colocaram essa mentira! Realmente existe uma data mais nao sao essas!

Related Posts with Thumbnails