sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

O ULTIMO PRAZO DADO À HUMANIDADE


 
Segundo Chico Xavier, o maior médium brasileiro dos últimos tempos, a Humanidade terá apenas poucos anos para mudar seus comportamentos e corrigir todos os erros e desregramentos no planeta Terra. Essa foi a informação que terá recebido de Entidades Superiores que estabeleceram um prazo de 50 anos após a última reunião ocorrida nas Altas Esferas Espirituais em 1999.

 Para quem quiser ver o video sobre este assunto, clique aqui:
http://www.novaera-alvorecer.net/a_data_limite.htm

 Doutro modo, faz todo o sentido que não se adie mais uma intervenção extraterreste necessária neste mundo, porquanto ele está sendo cada vez mais destruido e corrompido por uma espécie "racional e inteligente" que se tem comportado de modo tão incoerente.

 Assim, se foi determinado um prazo que termina em 20 de Julho de 2019, esperemos que os responsáveis deste planeta se reunam numa Cimeira Global e se entendam como irmãos tomando as decisões mais importantes e urgentes sobre o futuro da Humanidade e não se detenham em questões egoistas que só interessam a alguns poderosos que dominam o mundo inteiro pelo poder do dinheiro. Se nada mudar ou melhorar dentro de apenas 4 anos, então lembro as palavras de um "Ultimato Planetário" que foi estabelecido há muito pelos Mestres dos Ciclos Cósmicos que já diziam a 'Satã', o Opositor terrestre, o seguinte:

«Está bem que tua candeia brilhe, mas que não faça embargo a outras luzes mais gloriosas do vasto espaço estrelado!  Destrói a muralha que construiste em redor da Terra, porque dentro dela a humanidade sufoca espiritualmente. O relógio cósmico mostra que vai chegar o tempo da Idade do Espirito, não o podes parar mesmo que o desejes, porque os Dhyan Choans (Seres Supraplanetários) trarão em breve do fundo do Espaço um corpo que tem estado invisivel até aqui, um simples vórtice de energias, mas quando entrar em acção  as suas chamas devorarão todas as tuas obras»...

 «Século após século, milénio após milénio, temos dirigido mensagens à Humanidade que convinham aos diversos povos. Todas insistiam na necessidade da união e da fraternidade universal. Infelizmente, muito poucos conseguiram despertar a consciência humana e por isso se torna necessário agora (nestes tempos críticos) lançar um último aviso. É o "Ultimato Planetário: a Humanidade terá de aceitar o Poder do Coração, ou destruir-se-á a si própria. Tendo transgredido a lei da universalidade da vida, pelo seu comportamento destruidor, o homem será julgado e punido pela Natureza. Todas as cidades poderão ser submersas pelos oceanos e os grandes continentes desmantelados por cataclismos vulcânicos».

«Depois do Ano dos Arahts (Homens Iluminados ou Mestres Perfeitos), o Ultimato Planetário deverá ser presente à atenção de todos os povos do mundo. Esta mensagem deverá ser transmitida com bondade e compaixão, embora com toda a firmeza pelos homens de boa vontade».

 Por fim,  "a Humanidade deve escolher entre a via que leva ao abismo da decadência moral e a que sobe para as estrelas."

"Se esta Mensagem não for entendida e se as massas se obstinarem em pisar o caminho ao lado do 'Principe das Trevas', então a Hierarquia Cósmica levantará o desafio e o Mestre Radioso de Shambhala (o Rei do Mundo) aniquilará todo o mal que existe na Terra".

"Passou o tempo das crucificações e dos suaves profetas que pregavam ás multidões entusiastas. Estamos agora no tempo dos 'Arhats' que se exprimirão por meio dos Elementos e os Exércitos Celestes estão prontos para combater os 'guerreiros das Trevas' e todas as forças maléficas da Terra que envenenam o Espaço e perturbam todo o Sistema Solar".

 Portanto, subscrevo tudo o que diz o médium brasileiro Chico Xavier que fala de algo que vem ao encontro desta questão.

Pausa para reflexão!

Ri M. Palmela
 
 

2 comentários:

Anônimo disse...

Mais uma data? Não duvido desta, porque ainda virá. Duvido das outras cujo o passado é lugar. Mas qual nosso grau de aprendizagem, até aqui, para que estejamos certos do verdadeiro significado das palavras de Chico?
Vulcões e grandes inundações? Sim. A humanidade se multiplica incessantemente, consome da mesma forma,polui também assim. A Terra, numa comparação um pouco tola, está como um pequeno cômodo antes com pouca gente ou suficiente ao seu tamanho, e que começa a super lotar. É certa uma mudança no ambiente. É certa uma mudança climática. Quanto ao prazo e suas consequências, creio que se aplique a um comportamento quase que "viral" da humanidade. Já chegamos a esse estágio? Estamos perto? Sim? Não? Compreendemos as palavras de Chico? ...muitas perguntas!

Norberto Correia disse...

Meu caro também sou livre pensador desde sempre. Ligados em pensamentopelas pontas da estrela.
Abraços

Related Posts with Thumbnails