terça-feira, 20 de maio de 2014

NÃO ESTAMOS SÓS NO UNIVERSO - OUTROS MUNDOS, OUTRAS HUMANIDADES!



É importante saber que não estamos sós no Universo e que existem outros Mundos habitados além do nosso com seres mais inteligentes e avançados do que os humanos, sendo facto que as diferentes raças neste planeta têm suas origens nesses mundos, cada uma com suas características, que naturalmente não descendem do mesmo casal Adão e Eva de que fala o Génesis da Criação.

Neste contexto podemos dizer que TODOS SOMOS EXTRATERRESTRES que ingressámos aqui  na Terra há milhares de anos pela via reencarnatória, uns permancendo mais tempo do que outros ao longo de várias gerações, obtendo experiências e conhecimentos necessários até nos  tornarmos mais perfeitos e ascender assim a outras dimensões. Por isso muitos terão de “nascer de novo”  para poderem alcançar outros Reinos, outras Regiões. “Na Casa do meu Pai (o Universo) há muitas moradas”, dizia Jesus Cristo referindo-se a outros Mundos, falando do “Reino dos Céus” aonde só se chega com maior consciência e entendimento e tendo mais puros os corações.

Deste modo foram dadas instruções pelos Mestres e Profetas da Humanidade que na sua missão visavam apenas tornar mais fácil a caminhada ou aprendizagem dos humanos que  foram esquecendo valores e regras para evoluirem no bom sentido mas infelizmente se perderam pelos caminhos da condenação, chegando à actual situação, não sabendo mais quem são  de onde vieram e para onde vão...


NOSSAS ORIGENS CÓSMICAS:

Das várias raças de seres que habitam o Universo, diz-se hoje que os habitantes de Órion  vieram à Terra para pesquisar os minerais, os vegetais e os animais e que nessa época encontraram  um tipo de primatas que tinha uma certa semelhança com o ser humano actual. Então  começaram a modificar o DNA desse primata para que a sua caixa craniana ficasse maior, os seus membros e a coluna vertebral ficassem mais harmônicos e desenvolvesse capacidades cognitivas que tornariam esse ser mais perfeito. Tempos depois chegaram outras raças que povoaram vários pontos do planeta (África, Europa, Ásia, Médio Oriente, entre outros), sendo as cinco primeiras de Órion, Plêiades, Antares, Sírius e Pégasus. Muitas outras surgiram depois visitando a Terra.

Órion deu origem à raça Amarela, de olhos puxados; Plêiades deu origem à raça amarela de olhos amendoados; Antares deu origem à raça vermelha; a indígena; Sírius deu origem à raça caucasiana; Pégasus deu origem à raça negra.

Essas raças com o passar do tempo, começaram a se ‘miscigenar’ entre elas, gerando vários descendentes que se espalharam pela terra inteira e muitos depois voltaram para seu planeta de origem.

Na Bíblia, em Cap. 6:2 do Génesis, fala-se mesmo de uma raça de seres que vieram dos céus à terra (os filhos de Deus) que se agradaram das filhas dos homens a quem suscitaram filhos, sendo esses os ‘valentes’ que houve na Antiguidade, os “varões de fama” que as lendas e histórias falam do passado.  

As raças Extraterrestes avançadas possuíam alta tecnologia e níveis de consciência diferentes entre si e por isso começaram a disputar territórios, provocando guerras, escravidão e domínio entre os povos. Nessa altura vieram outras  raças de Seres que se comprometeram a auxiliar e restabelecer o equilíbrio na Humanidade cultivando valores de paz e harmonia e trocas culturais entre os humanos que ainda hoje se mantêm mas infelizmente não se alcançaram os resultados desejados para um mundo melhor, com mais verdade e mais amor.

As religiões se formaram com a finalidade de manter muitos desses valores e conhecimentos adquiridos para tornar os seres humanos melhores, mas a diferença entre elas levou a mais lutas, guerras e dissenções, disputando e se matando em nome de Deus que afinal é o de suas próprias crenças e convicções. A Política por outro lado, tentou organizar o mundo a seu modo mas a luta pelo poder, a ganância e ambição dos homens, não melhorou as coisas e as guerras  foram sendo cada vez mais devastadoras devido às armas que entretanto se criaram estando em risco hoje toda a Humanidade por uma Hecatombe Nuclear que poderá acontecer a qualquer momento, nem que seja por acidente, havendo que travar a possibilidade dessa loucura enquanto é tempo.

Por isso creio numa certa Intervenção, como a que foi referida por Jesus Cristo no seu Sermão dizendo que viriam seres de outra ordem evolutiva do Universo, que surgiriam sobre “as nuvens do céu, com poder e grande glória”  a fim de resgatar ou recolher seus ‘escolhidos’ no meio dos acontecimentos  de “Juizo Final” que ocorrerão certamente no século actual. Os cientistas da Actualidade já fazem sobre isso as piores previsões, sendo eles os novos profetas que os governantes já nem dão ouvidos porque seus corações estão cheios de cobiça e corrupção vencidos pelo poder do dinheiro que gere o mundo criando mais injustiças e divisões.

Está na hora de acordar, o relógio do Mundo não vai parar,  é preciso saber todas estas coisas e tirar o ‘véu’ da Ilusão.

Pausa para reflexão!

Rui M. Palmela  

9 comentários:

Carolina Duarte disse...

Sim, concordo com o seu texto!
se quer saber o que fazer visita o blog: http://gota-aurea-ii.blogspot.pt/ ou http://www.ducielalaterre.org, embora é essencialmente em francês tambem existe textos em português!

aproveito para lhe dizer que gosto do seu blog. é muito interessante!

Romão Casals disse...

Este pequeno resumo é parte integrante de um estudo recente sobre a origem humana.

Cada vez mais a descoberta da origem humana nos leva a um ponto singular, estudos recentes de biologia molecular evidenciaram que 60% do genoma humano provem de um único ancestral feminino que viveu há aproximadamente 6.500 anos, ficou demonstrado perante a anatomia e ADN mitocondrial, que decisivamente nunca houve qualquer estágio na evolução humana.

A pesquisa foi realizada na Universidade da Califórnia (Berkeley) pela Dra. Rebecca L. Cann e sua equipa. Ela fez um estudo muito interessante na área do ADN mitocondrial que é repassado de uma geração para outra pela parte feminina. Consegui determinar o início da espécie humana.

O estudo foi realizado tendo como referencia 147 pessoas de diversas zonas do planeta, sem qualquer relação sanguínea ou grau de parentesco, entre as quais encontravam-se, aborígenes da Austrália, pigmeus de Africa, pessoas da Sibéria, do oriente medio, China, etc. Descobriu-se que todos tinham o mesmo ADN mitocondrial e descendiam de uma mesma mulher.

(“Mitocondrial DNA and Human Evolution”. Publicação científica, Revista Nature, Vol. 325, pag.31-36, janeiro de 1987)

Mais recentemente o Dr. Lawrence Loewe em conjunto com o Dr. Siegfried Scherer, tendo como objeto de pesquisa os recentes estudos da Dra. Rebecca, tentaram estabelecer qual o espaço de tempo necessário para especiação e adaptação, entre o ser humano atual e o seu antepassado em estado completo (totalidade de reserva genética).

Ou seja, verificar as pequenas variações encontradas no ADN mitocondrial de todas as pessoas e tentar resolver um problema de tempo, como se fosse um pequeno cronometro interno. (Quando uma pequena variação ocorre no DNA, existe um período para que essa variação se estabilize, dentro de um determinado grupo, raça ou etnia)

Comparando as diferenças dentro das variações de culturas diferentes, obtemos com pouca margem de erro, um relógio confiável. A “Eva mitocondrial” teria vivido entre 6000 e 6500 anos no passado, era a mulher que tinha o ADN mitocondrial perfeito.

(“Mitocondrial Eve: The Plot Thickens”. Publicação científica, Trends in Ecology and Evolution, Vol.12, pag.422-423, novembro de 1997)

Conclusão final: A origem do ser humano foi um ser humano. Qualquer outra explicação é mera especulação científica.

Esta foi também a conclusão da Dra. Ann Gibbons em janeiro de 1998, publicado na revista Nature, Vol.279, Pag.29, “Calibrating the Mitocondrial Clock”. O cálculo firmou-se por limite máximo entre 100 e 150 mil anos aproximadamente, mas os métodos de datação que foram usados são questionáveis.

De qualquer das formas, tendo em conta a proposta evolucionista, percebe-se claramente que existe algo de muito errado com estas supostas datações, deparamo-nos com uma gritante discrepância de tempo. Os defensores da “teoria” naturalista asseguram que o ser humano teria evoluído entre 5 e 7 milhões anos atrás.

Todas as formas de vida foram criadas simultaneamente de forma sobrenatural, completas no sentido se serem perfeitas, complexas, resultado de um projeto inteligente, com diversidade básica e capacidade de adaptação limitada (teor de informação genética quantitativa).

Todas foram criadas com uma capacidade de variação restrita, a diversificação é o resultado de um design inteligente. Para encontrar as formas de vida no seu estado completo temos que voltar ao passado, quando todas as formas de vida ainda conservavam a totalidade genética (tipos básicos com possibilidade de variações).

A questão está relacionada com a ideia de complexidade e especificação no limite dos processos naturais, ou seja, há medida que seres vivos se vão especializando, vai diminuindo a capacidade de opções de variação. Como resultado da diminuição da reserva genética, o que literalmente ocorre não é um processo de evolução, mas sim um processo de extinção.

Rui M. Palmela disse...

Olá Carolina,

Fico grato pelo seu apreço e aproveito para dizer que visitei seu Blog e gostei também do que vi, pois temos uma visão comum das coisas que a maioria das pessoas desconhece ou não acredita.

Li também seu perfil e temos muitas coisas em comum. Também sou vegetariano e gosto dos mesmos livros, da música e dos filmes de que destaco a história de Fernão Capelo Gaivota e Cocoon (o Segredo dos Corais Perdidos) entre outros.

Foi um prazer sua participação no meu Blog e faço questão que volte a fazê-lo mais vezes. Seguirei também seu Blog com muito gosto.

Um abraço fraterno,

Rui M. Palmela

Rui M. Palmela disse...

Caro amigo Romão,

Achei interessante seu comentário com base num estudo feito pela drª Rebecca e sua equipa da Universidade de Berkeley, na Califórnia, que concluiu que a origem do ser humano foi o próprio ser humano...

Pois, eu gostaria de perguntar a essa 'cientista' o que é que surgiu primeiro: o ovo ou a galinha ou o que deu origem a ambos?

A conclusão de srª Rebecca se deveu ao facto de ter analisado 147 pessoas de diversas zonas do planeta e descobriu que... "todos tinham o mesmo ADN mitocondrial e descendiam de uma mesma mulher".

Pois, não sei se ela sabe que até a mosca da fruta tem o mesmo ADN dos humanos... Então eu teria de ironizar e perguntar-lhe se ela descende ou tem o cérebro de uma mosca, rsss.

Enfim, caro amigo Romão Casals, eu prefiro sempre seguir meus próprios raciocínios e não levar a sério tudo o que nossos 'cientistas' dizem, pois não têm o conhecimento absoluto nem são detentores exclusivos da verdade. Certo?

Eu continuo a acreditar que existe um Deus Criador do Universo e que todas as formas de vida provêm da mesma Fonte aqui na Terra sendo os oceanos o 'berço' de todas as criaturas que aqui existem, inclusive o homem. De resto, está escrito no livro de Génesis que "O Espirito de Deus paira sobre as águas" tendo colocado nelas a energia e substâncias da matéria necessárias ao seu desenvolvimento. Certo?

Do mesmo modo, creio que todas as outras formas de vida e Seres do Universo (milhares de anos à frente dos humanos) tiveram as mesma origens nos Mundos Fisicos com graus e dimensões diferentes da Terra mas tendo todos a mão do CRIADOR DO UNIVERSO, a quem chamamos Deus ou Inteligência Infinita que nenhum homem ou mulher deste planeta pode conceber.

E pronto, caro Romão, fica aqui a minha reflexão.

Grato pela sua participação.

Rui Palmela



Antonio Maria Claret Soares de Marialva disse...

Amigo e Irmão Rui Palmela.
À Carolina minhas saudações.
Ao Romão, começo por me desculpar de minhas etílicas agressões, mas que bem já percebeu que são "nuvens anuviadas" de um velho tresloucado que ama tão inteligente ser UFÓLOGO que de facto és!
Começo por concordar - "ipsis litiris" - com o Romão na questão Deusa ou genoma feminino. De facto a "semente da vida" é feminina e dela deriva o "meio" e deste o masculino. Engana-se o amigo Rui quanto ao "machismo religioso" posto e sacramentado na idiotice mental e histórica humana. Ora, qualquer infante actual sabe que nasceu de um ser feminino e é certo. Já o masculino é incerto e talvez
não sabido. Logo, na "roda gigante" do Universo o mesm,o se sucede e o Romão demostrou muito bem tal facto, inclusive jogando no lixo as teorias Darwinianas. Alíás Darwin devia ser "uma bichona desvairada" e enrrustida! kkkkkk!
Brincadeiras à parte, concordo com o Romão e quanto à Deus (que chamo Iavé) este nome é simples transcrição de nomenclatura denominativa de uma "Nave Mãe" YHWH, que poderia ser...EUA YHWH, ou RRSS YHWH, ou PT YHWH ou BR YHWH.
Do mais, Rui,Deus é fruto da incognatividade da mente humana que românticamente sonha com o cognatível desejo de conhecer...
Grande abraço aos Irmãos.

Anônimo disse...

Meu nome é Lucas , tenho 19 anos ,sou estudante de Engenharia Mecânica Aeronáutica ,sou fascinado nesses assuntos ,encontrar um blog com fundamentos legais é raro ,enfim gostei muito do seu blog e creio q temos idéias e pensamentos bem semelhantes , com certeza vou continuar lendo , parabéns.

Antonio Maria Claret Soares de Marialva disse...

Amigo e irmão Rui Palmela.

Das verdades ocultas, dos mistérios desvendados, até a realidade sabida e a verdade exata há passos e caminhos a serem percorridos que somente despojados de paixões mesquinhas é possível se alcançar o escopo colimado. Contudo, é impossível excluir da mente o "amoroso romantismo" que arraigado vibra em uníssona concordância com o pensamento histórico humano. Como exemplo; Ao se crer, que o Facebook ou twiteer´são veículos de conhecimento e/ou ensinamento é engano. São simples veículos de comunicaçõpes sociais de ambições vazias e inúteis. Nestas redes sociais o amigo e irmão meu é um mero velho e inútil "sinhozinho" a servir de chacota para os "rambos" (crias híbridas dos judeus sionistas matadores de crianças e dos macacosobamas apoiadores destes assassinatos em massa). Sinto-me contristado em ver o amigo e irmão de mais de 10 anos abandonar os amigos - verdadeiros filósofos e filósofas - (como Romão, Fernanda e demais que minha etilicidade não me deixa lembrar no momento)Portanto, Rui, volte ao reduto da erudição e do conhecimento e abandone a maldição política carcomida da era judaica/americana. Hoje, de facto a Europa está sob os auspícios da Alemanha. Porém a Alemanha abraçou todos os países pobres d'auropa com amor, justiça e humanidade. Conquanto os Judeus matam criançinhas com o apoio da ONU, EUA
e da NATO! HOLOCAUSTO!!!!!!!
Amigo, Rui. Eu o desafio a Publicar isto de imediato, no teu blog. Se quiser, tambem, no Facebook.
Grande abraço, meu ex-amigo!

Luísa Lamas disse...

Aconselho a descobrir o Projeto Vénus...

Luísa Lamas disse...

Aconselho a descobrir o Projeto Vénus...

Related Posts with Thumbnails